A retomada do mercado de casamentos

21 august 2021, 00:23

O mercado de eventos foi duramente impactado durante os anos de 2020 e 2021 devido a pandemia do corona vírus. Porém agora, com o avanço da vacinação, a retomada do setor está cada vez mais próxima e a liberação dos eventos acontece de forma gradual em todo o país.

Nesse artigo reunimos algumas das principais manchetes sobre as liberações de decreto para que você sinta o otimismo e esperança desse momento. Nós da equipe Rússia Noivas torcemos para que em breve possamos celebrar o amor de forma livre e segura.

 

Com novas liberações, celebrações de casamento vivem retomada em SP

Nesse artigo você consegue obter mais informações sobre como estão os decretos em SP e também entrevistas com fornecedores sobre o cenário atual do mercado de casamentos.

Matéria de: https://www.istoedinheiro.com.br/com-novas-liberacoes-celebracoes-de-casamento-vivem-retomada-em-sp/

 

Após revogação de decreto, casamentos, aniversários e outros eventos sociais são liberados no Acre

Em todos os estados do país as liberações estão acontecendo, seguindo ainda algumas normas sanitárias e redução de público.

Matéria de: https://g1.globo.com/ac/acre/noticia/2021/08/01/apos-revogacao-de-decreto-casamentos-aniversarios-e-outros-eventos-sociais-sao-liberados-no-acre.ghtml

 

Avanço da vacinação contra a Covid volta a dar esperança a noivos

Nessa matéria nós conseguimos observar a esperança e alívios dos noivos que estão podendo finalmente realizar os seus sonhos.

Matéria de: https://fotografia.folha.uol.com.br/galerias/1706105378281186-avanco-da-vacinacao-contra-a-covid-volta-a-dar-esperanca-a-noivos

 

Número de casamentos volta a crescer no Estado

Os dados são do Sindicato dos Notários e Registradores do Estado (Sinoreg- ES) e mostram ainda que, em 2020, ao todo, foram celebrados 19.560 casamentos no Espírito Santo. De 2016 a 2019, os registros passaram de 23 mil por ano.

Matéria de: https://tribunaonline.com.br/numero-de-casamentos-volta-a-crescer-no-estado

 

Viu mais alguma notícia positiva? Comente aqui!

Comentários (0)

Comentários

para cima